MASC

Destaques

Indicador Catarinense das Artes Plásticas. Autoria de Harry Laus e organização de Nancy Therezinha Bortolin.
ACERVO ON-LINE - Clique aqui para pesquisar obras em nosso acervo.

Arquivo de Notícias / Projeto Gerações Masc chama o público para palestra sobre a vida e obra do artista Assis ::: Dia 30/6, terça-feira, às 16h30. Saiba mais

 

A terceira edição do projeto Gerações do Masc terá como tema a obra do pintor Hiedy de Assis Corrêa, ou simplesmente Hassis. Na próxima terça-feira (30/6), às 16h30min, o Museu de Arte de Santa Catarina (Masc) receberá Leilah Correa Vieira, filha do artista, e Denilson Antonio, colaborador da Fundação Hassis, para um encontro que proporcionará um mergulho na vida e na obra do pintor, uma fala sobre sua produção em séries, suas fotos e vídeos. Além da palestra, intitulada Assim Hassis, serão exibidos dois curtas sobre a obra de Hassis: Batucada (4min30s) e Fpolis Era (8min40s). 
 
O projeto Gerações do Masc tem a proposta de realizar uma série de encontros bimestrais com o público ao longo de 2015, com o objetivo de difundir a história institucional do Masc ao convidar um artista, crítico de arte ou professor para falar sobre uma década específica de atuação do Museu e seus desdobramentos no campo das Artes Visuais. Em 2015, o Museu completou 66 anos de atividades. As duas primeiras edições contaram com a presença de José Maria Dias da Cruz, filho de Marques Rebelo, escritor carioca que trouxe a Florianópolis a grande Exposição de Arte Contemporânea em 1948, fato considerado o ponto de partida para a criação do então Museu de Arte Moderna de Florianópolis (MAMF); e de Tércio da Gama, artista florianopolitano que falou sobre a geração da década de 1960 no campo das Artes Visuais.  
 
Sobre Hassis
 
Natural de Curitiba (PR), de Hiedy Assis passou a H. Assis Corrêa, depois H. Assis, para resumir-se a Hassis. Residiu em Florianópolis desde 1928. Começou a demonstrar sua criatividade desde a infância, quando empolgava-se com as revistas em quadrinhos, seus movimentos, formas e cores. Foram diversos temas que abordou em sua obra, em murais, desenhos, pinturas, fotografias, vídeo e escultura. Participou de aproximadamente 213 coletivas e salões de Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio Grande do Sul. Conta com mais de 66 exposições individuais realizadas. 
 
Toda a evolução plástica de Hassis aborda seus registros de infância, situações do cotidiano, as marinhas, os temas sociais e sempre o folclore ilhéu, os lugares e personagens da terra catarinense, onde viveu desde os dois anos de idade até sua morte, em 2001, e também onde tornou-se marco importante no contexto de nossa arte.
 
Sobre os ministrantes
 
Denilson Antonio -  artista e professor, atua como educador e curador no Museu Hassis desde 2010. Dentre os projetos que desenvolveu, o mais importante conquistou menção honrosa no Prêmio Darcy Ribeiro, em 2012: o Museu Escola - Edição: Interação Museu e Escola - Reflexões sobre Mediação Educativa e Consonâncias com a Educação Contemporânea.
 
Leilah Correa Vieira - filha do artista plástico Hassis (1926-2001). Servidora pública federal, com formação em Direito, colaboradora da Fundação Hassis desde sua criação, em 2001.
 
Serviço:
 
O quê: Gerações Masc - Museu em movimento (anos 60), palestra Assim Hassis.
Quando: 30 de junho de 2015, às 16h30min
Local: Museu de Arte de Santa Catarina (Masc), localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC) - Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Participação gratuita.
Informações: (48) 3664-2630

  

Comentários

Nenhum comentário ainda!


Horário de visitação: terça-feira a domingo, das 10h às 21h - Entrada Gratuita.
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5.600 - Agronômica - CEP 88.025-202 - Florianópolis/SC | Fone: +55 48 3664-2629 | E-mail: masc@fcc.sc.gov.br